logo preto

Qual o compromisso da minha religião com a paz?

 

Nirvana é Paz.

Todos os seres podem atingir Nirvana.

No Budismo Mahayana o voto principal é de auxiliar todos os outros seres a encontrar Nirvana, antes de pensar em si mesmo.

A tradição Zen Budista Soto Shu tem três prioridades: Paz mundial, Direitos Humanos e a Ecologia. Esses três pilares interagem criando seres responsáveis e atuantes na comunidade.

A Paz não pode ser obtida através de guerras, lutas, vitórias nem derrotas.

Leia mais...

Como dar vida às nossas vidas

As Transformações Começam Conosco

Monja Coen

Há um antigo ditado japonês:
"Se houver relacionamento, faço; se não houver relacionamento, saio".
Um Mestre Zen, no final do século passado, fez a seguinte alteração:
"Havendo relacionamento, faço; não havendo, crio relacionamento".

Essa mudança de paradigma é extremamente importante. Devemos também lembrar que criar um relacionamento não significa, necessariamente, obter resultados imediatos, embora muitas vezes estes ocorram.

Leia mais...

O que é uma Cultura de Paz


O que a minha instituição está fazendo pela paz

Quando assinamos no ano passado o Manifesto 2000 por uma Cultura de Paz e Não Violência estávamos aceitando a definição dada pela UNESCO para uma Cultura de Paz, ou seja, o comprometimento de promover e vivenciar o respeito a vida e dignidade de cada pessoa sem discriminação ou preconceito, a rejeição de qualquer forma de violência, o compartilhar de tempo e recursos com generosidade a fim de terminar com a exclusão, a injustiça e a opressão política e econômica, desenvolver a liberdade de expressão e diversidade cultural através do diálogo e da compreensão do pluralismo, manter um consumo responsável respeitando todas as formas de vida e contribuir para o desenvolvimento da minha comunidade, área, país e planeta.

Leia mais...

Gênero no Budismo


Qual a perspectiva de gênero segundo o budismo?

Quando Mahaprajapati pediu a Xaquiamuni Buda para se tornar monja, Ele recusou. Recusou varias vezes, alegando que mulheres não deveriam abandonar as famílias para entrar na ordem religiosa e viver de esmolas. Finalmente, depois de muita insistência e da solicitação do atendente de Xaquiamuni Buda, o monge Ananda, as mulheres foram admitidas na Ordem, desde que aceitassem oito regras a mais do que os homens. Entre essas oito regras a de submissão a qualquer monge - mesmo uma monja de 100 anos deveria obedecer a um recém ordenado bhikhu (monge).

Leia mais...

A Participação das religiões na construção da paz

Save

ZEN BUDISMO


Como podem as religiões contribuir para a construção da Paz? E que Paz estamos conceituando? Definitivamente não é apenas a ausência de guerras declaradas - quer seja entre gangs, grupos, regiões e/ou países. Há a guerra da fome, da miséria, da injustiça social, do analfabetismo, das grandes ignorâncias, maldosas, ruidosas, distorcendo ensinamentos e doutrinas para dar vazão à ganância e a raiva. A Paz, o bem estar, a tranqüilidade só são possíveis se incluir todos os seres com igualdade de direito à boa qualidade de vida.

Leia mais...

Da Sanga para a Sanga


É a Sanga - a comunidade de praticantes - quem está abrindo Tenzui Zen Dojo.

Nós nos abrigamos nas Três Jóias, nos Três Tesouros: Buda, Darma e Sanga, como primeiro passo no Caminho de Buda. Retornamos e nos abrigamos, nos refugiamos no Ser Iluminado, na Lei Verdadeira e na Comunidade. Se formos ver em profundidade os três são interdependentes, estão em interação, inter sendo.

Agora, aqui, a força deste Tesouro se manifesta explicitamente. Dezessete pessoas, dezessete praticantes Zen Budistas se uniram. Cada um dando a contribuição que pode e se responsabilizando por um ano de aluguel do espaço na Rua Arruda Alvim 127 B, quando, acreditam eles, o Zen Dojo se tornará auto sustentável...

Leia mais...

Quatro Nobres Verdades


As Quatro Nobres Verdades, de acordo com os textos canônicos, são a Verdade do Sofrimento, a Verdade da Causa do Sofrimento, a Verdade da Extinção do Sofrimento e a Verdade do Caminho de Oito Aspectos para a Extinção do Sofrimento.

Nobre aqui é usado com o sentido oposto de comum, ordinário, indicando iluminação supramundama, uma condição transcendendo a existência mundana.

"A básica doutrina Budista das Quatro Nobres Verdades é completamente lógica: exclui qualquer coisa que seja ilógica. A exclusão do ilógico é característica básica e única do Budismo." (Prof. Mizuno Kogen "Essentials of Buddhism").

Leia mais...

R H Forum


(Texto escrito pela Monja Coen em fevereiro de 2003, São Paulo, para a Revista da Hora, Jornal Agora)

Durante seis dias mais de cem mil pessoas se amaram com respeito e ternura, demonstrando que outro mundo é possível.

Que outro mundo é esse? Teria sido um sonho o que vivi de 23 a 28 de janeiro? Seria fantasia a utopia que se tornou real no diálogo, no encontro de diversos ópticas, vivenciado na cidade, que se tornou sagrada e consagrada, de Porto Alegre?

Oramos juntos, estádio lotado, regurgitando pessoas calmas, amorosas, de diversos países, de diversas religiões, ateus e não ateus atentamente voltados a um palco montado para ouvir a confirmação deste renascer de esperança da Europa, da Ásia, da América do Norte, da África e da nossa América Latina. Certeza da mudança que está ocorrendo e que é de Paz.

Leia mais...

RHFev1


(Texto escrito pela Monja Coen em fevereiro de 2003 para a Revista Da Hora, Jornal Agora, São Paulo)

Vi o Presidente Lula ao vivo. Pequenininho, deveria ter uns dez centímetros de altura, lá longe, longe, num palco grande, cercado de pessoas quase imóveis, ele andava de um lado para outro segurando um microfone. Sua voz sim, esta chegava clara e alta:

O presidente esperança - e parece que a cor da esperança mudou de verde para vermelha - pedia permissão para falar, explicando porque iria a Davos (vaias) e como diria aos ricos e poderosos que precisam se unir para acabar com a Fome. Estaria se misturando com a turminha de lá para transformá-los em seres melhores, mais compassivos e coerentes?

Leia mais...

Fórum Social Mundial de Porto Alegre

 

O EVENTO

Este é um evento que irá unir esporte com filosofia.
Preocupação ao corpo com cuidados da mente.
No dia 22 de outubro, domingo, este evento trará a São Carlos a maior autoridade em Zen Budismo da América Latina, Monja Coen.
A participação esperada é de 200 pessoas/ mínimo.
O início é logo pela manhã, onde os praticantes se encontrarão na Academia O2, previamente credenciados e usando a camiseta do evento, para alongamento e explicação do cronograma. A caminhada se inicia acompanhada por profissionais da O2 e equipe de apoio.Haverá a possibilidade de corrida para os interessados e atividades lúdico-ecológicas para crianças. No caminho há água e frutas para os praticantes. A extensão do percurso é de 6 km.

Leia mais...