logo preto

Arte de Morrer – Budismo – Zen Budismo

A lenha se transforma em cinza.

A cinza não se transforma em lenha novamente.

Mas não devemos pensar que a cinza é depois e que a lenha é antes.

Saiba que a lenha tem a sua posição no darma*, de lenha, e assim, sendo lenha tem seu passado e seu futuro.

Embora tenha passado e futuro, atravessa passado e futuro.

A cinza está em sua posição do darma* de cinza e tem seu passado e futuro.

Leia mais...

Parinirvana

Parinirvana

Buda deitou-se entre duas árvores de troncos esbranquiçados.  Lua cheia. Noite na mata estranhamente silenciosa. Ananda, seu atendente de tantos anos, lamentava-se pela despedida a seu mestre. Ananda não estava só.  Um grande número de discípulos, discípulas,  monásticos e laicos cercavam seu leito de folhas.  Deizem que até mesmo animais, feras e pequenos bichinhos, todos vieram se despedir de Buda em seus momentos finais.

Sereno, fez seu ultimo ensinamento.

Estava quase entrando Parinirvana.

Leia mais...

Ano Buda 2576 - Ano do Tigre

Tigre que se recosta na montanha. Tigre em seu elemento natural, sua casa, sua morada, tranqüilo estado de liberdade iluminada.

Tigre tigrado tigrada tigreza.

Em cada faixa incomensurável braveza

Leia mais...

Caminhemos, pois.

Sem começo nem fim. Além do nascer e do morrer. Eterno transformar. Podemos nós, pequenos seres humanos, direcionar a transformação.

Já há alguns anos caminhamos juntos. Como tem sido agradável encontrar outros tantos companheiros, irmãos e irmãs, parceiros deste caminhar de Cultura de Paz.

Reiteramos nossa parceria, agradecendo os momentos que juntos compartilhamos, as primeiras flores, os primeiros frutos ainda não muito doces, que colhemos na jornada, espalhando sementes ao vento, cuidando do solo, do céu, das águas e do nada.

Leia mais...

Meu nome é Coen

Meu nome é Coen. É um nome composto de dois caracteres chineses. "Co" significa "só" ou "um só, única" (como monos em latim) e "en" significa "círculo perfeito" ou "compleição, perfeição". Há um poema Chinês muito antigo no qual esses caracteres aparecem.

Mente-lua
Única e perfeita
A luz permite todas as formas
Quando luz e formas não são
O que é?

Os poemas Zen budistas são geralmente intrigantes. Manifestam o estado iluminado superior ou conduzem a questionamentos que encorajam a penetração no cerne do ser.

Leia mais...

Zenguetsu Suigan Daiosho

 

In Memoriam:

Zenguetsu Suigan Daiosho - Yogo Roshi

Yogo Roshi foi Abade Superior do mosteiro Saijoji, em Odawara, e Vice-Abade Superior do mosteiro sede de Sojiji, em Yokohama. Sua morte é uma perda para o Budismo Soto Zen e para todos que o contataram. Reconhecendo o impacto de sua vida e ensinamentos, me sinto encorajada a continuar minha prática com toda intensidade.

 

A um Mestre Zen

Dia 21 de dezembro, ao amanhecer, silenciosa e tranqüilamente, Zenguetsu Suigan Daiosho, Yogo Roshi, entrou parinirvana, em seus aposentos internos de Abade Superior do Mosteiro Saijo-ji, na montanha Daiyuzan, em Odawara, Kanagawa-ken, Japão. Em 9 de setembro do mesmo ano, 1996, havia completado 84 anos.

Leia mais...

O que é o Caminho de Buda?

A noviça Coen perguntou ao Mestre Zengetsu Suigan

- O que é o Caminho de Buda?

O mestre respondeu:
- NYO ZE
KAKU NO GOTOKU
(Assim como é.
As coisas são como são)

A monja agradeceu profundamente

(Episódio acontecido no Aichi Senmon Nisodo de Nagoia durante o treinamento da Monja Coen , durante um retiro liderado pelo Ver. Yogo Roshi, mestre da Transmissão da Monja Coen e fundador honorário de Tenzui Zen Dojo)

O equilibrista mantém o equilíbrio se equilibrando - Paz Santa

Como diferenciar entre a voz de Deus e as nossas vozes pequenas, egoístas, limitadas?

As religiões são o quê? Fontes de poder e disputas ou fontes de sabedoria misericordiosa? Qual delas a melhor, a mais correta, a verdadeira? Ou será que cada uma pode corresponder às necessidades dos diferentes seres humanos, com suas diversas capacidades de compreensão, cultura, linguagem, sistema, época? Que força elas possuem, capazes de movimentar multidões para o que seus lideres dizem ser a vontade divina? Será que queremos todos seguir essa vontade divina e nem sabemos mais qual vontade é esta?

Leia mais...

Nikkey Shimbum


UM FIM DE ANO BUDISTA

Tinha quinze anos e vivia em conflito. A mãe japonesa e o pai, que de terceira geração, já nem se lembrava das tradições antigas. Ela era magra, pequenina e na escola a chamavam de japinha. No começo isso a tinha incomodado. Agora já nem tanto. Só às vezes é que ficava quieta, pensativa e triste. Sentia-se diferente da turma. Falavam muito alto, gritavam, as meninas dançavam fumando nas ruas. Ela até tinha tentado fumar e se engasgara. Fora horrível. Nunca mais. O pessoal ria A japinha não é de nada mesmo. É, não sou de nada, pensava amuada. Em casa a mãe preparava os quitutes para o Ano Novo quando ela chegou esbaforida:

- Okaasan, okaasan.

- Oi oi oi. Ima isogashii daiyo. Nani?

Leia mais...

Para descansar a alma

Arranje um cantinho sossegado e uma almofada gostosa. Acenda um incenso de sândalo. Sente-se com as costas bem retas. Coloque as mãos sobre os joelhos, com as palmas para cima e balance o corpo lentamente da esquerda para a direita, de movimentos maiores a movimentos menores, como um pêndulo, até encontrar o centro de equilíbrio do corpo.

Pare aí. Inspire profundamente e solte o ar lenta e completamente pela boca. Relaxe os ombros. Inspire novamente e solte o ar pela boca. Então cerre os lábios, coloque a ponta da língua no céu da boca e respire pelas narinas. Mantenha os olhos entreabertos, apenas pousados a sua frente.

Leia mais...